CCSA divulga programação do a.Gosto Cultural 2021

Confira a programação de eventos do a.Gosto Cultural 2021:
Raízes do Oeste Potiguar.
Dia 05 de agosto | quinta-feira | 17 às 18h
Raízes da Central Potiguar.
Dia 11 de agosto | quarta-feira | 10h30 às 11h30
Raízes da geração Z.
Dia 22 de agosto | quinta-feira | 17 às 18h
Raízes acolá, ramos por aqui.
Dia 25 de agosto | quarta-feira | 10h30 às 11h30
Raízes do Agreste e Leste Potiguar.
Dia 26 de agosto | quinta-feira | 17 às 18h

Os encontros acontecerão de forma online, com links a serem divulgados nos grupos de Whatsapp dos participantes.

CCSA convida comunidade para a.Gosto Cultural interativo

O Programa de Qualidade de Vida no Trabalho do CCSA/UFRN (Qualivita) realiza durante todo o mês de agosto, a sétima edição do Projeto a.Gosto Cultural com o tema “Quais são suas raízes?”. A programação inclui atividades virtuais de integração entre a comunidade acadêmica reconhecendo as memórias dos costumes e da cultura das pessoas.

Este ano, a programação iniciará com conexão de pessoas através do Whatsapp, de acordo com suas regiões ou estados de nascimento ou maior memória afetiva. Em seguida, acontecerão encontros virtuais para partilhar experiências e memórias.

Segundo o Jefferson Arruda, coordenador do Qualivita, a temática surgiu  a partir “do princípio que a virtualidade é, por natureza, uma energia conectiva ampla e extensiva, tal como a copa de uma grande árvore que só cresce para cima e para os lados; nosso desejo é reconhecer e nutrir raízes, tendo em vista que uma raiz larga e profunda, pode sustentar uma copa de tamanho semelhante”, destaca.

Os membros da comunidade do CCSA – alunos, bolsistas, professores, técnicos e terceirizados podem participar dos grupos de whatsapp, acessando pelos links:

GRUPO 1 – Raízes do Oeste Potiguar

GRUPO 2 – Raízes da Central Potiguar

GRUPO 3 – Raízes do Agreste Potiguar

GRUPO 4 – Raízes do Leste Potiguar

GRUPO 5 – Raízes acolá, ramos por aqui (pessoas naturais de outros estados ou países)

GRUPO 6 – Raízes da geração Z (como a geração Z reconhece suas raízes culturais?)

A proposta desses grupos é para que os membros troquem ideias entre si e formem um arquivo de memórias o mais diversificado possível. Esses registros serão apresentados nos encontros maiores a serem programados e divulgados pela organização do projeto. 

Arruda ainda destaca que a ideia dos grupos é que se “construam, de maneira leve e descontraída, uma colcha de retalhos das memórias afetivas que têm do seu lugar de origem. Recuperem fotos, imagens antigas, comidas e guloseimas que não existem mais, memórias das atividades de lazer, ditados populares, brincadeiras e peraltices”.

Outras informações podem ser consultadas no pelo e-mail qualivitaccsa@gmail.com .

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*