Nota debate possíveis impactos da Pandemia nas Exportações Agrícolas do RN

 

O Grupo de Estudos em Economia e Políticas para o Desenvolvimento Rural (NERUR), do  Departamento de Economia (Depec), do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), da UFRN, publicou a nota técnica “Coronavírus e os possíveis impactos nas exportações agrícolas do Rio Grande do Norte” com informações técnicas e análise dos efeitos causados pela Pandemia do novo Coronavírus sobre as exportações de produtores da agropecuária potiguar.

O estudo pode ser acessado neste link e foi produzido pelo graduando em Economia, da UFRN, Lucas Xavier e pelo professor do Depec, Thales Penha. A produção analisa informações de diversas fontes de dados a partir da metodologia conhecida como Modelo Gravitacional, sobre as exportações norte-rio-grandenses, concentradas no setor primário da economia, representados pela agricultura, pecuária, pesca e mineração, sendo a agricultura a de maior relevância no período recente, e em quase todos os anos estudados.

A análise estima uma queda aproximada de 10% nas exportações potiguares a partir de previsões preliminares do FMI para o PIB dos países parceiros. Na nota, os pesquisadores ainda propõem medidas a serem tomadas pelos produtores e governo para garantir a sustentabilidade das empresas e para que os trabalhadores não sejam desamparados.

O NERUR pretende ampliar, futuramente, o estudo dos impactos da Covid-19 no setor agropecuário, o que inclui um estudo mais aprofundado na temática das matrizes insumo-produto, para acompanhar o impacto no emprego, na produção e na renda das famílias que compõem o meio rural. Este é o oitavo estudo publicado neste período de isolamento social, e o grupo tem a meta de produzir uma nota semanal e disponibilizar para consulta pública neste link

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*